Enfermeira socorre vítimas de acidente e encontra o próprio filho morto; vídeo é de cortar o coração

Neste último sábado, uma enfermeira identificada como Cilene Souza, de 45 anos de idade, recebeu uma notícia de socorro, após um acidente de trânsito. Após chegar ao local, Cilene, infelizmente, acabou se deparando com uma surpresa terrível, que chocou os internautas.

No momento em que a mulher chegou até o local, ela havia se deparado com duas pessoas envolvidas em um acidente de moto. Nas localidades, estava Mateus Silvério Souza, seu filho.

A mãe ainda conta que, quando se deparou com o caso, acionou o pedido de socorro para seu filho mais novo, Tiago, no entanto, Cilene não sabia da gravidade da situação de seu filho mais velho. Após constatar que o filho, infelizmente, havia falecido, ela apenas auxiliou na retirada do corpo do carro, com um abraço.


Em seguida, mesmo com o seu filho morto, Cilene ajudou as demais vítimas que estavam dentro do carro.

“Pensava que era algo simples, mas só quando cheguei que vi a gravidade. Ele já estava morto. Fiz o que deveria, ajudei a retirar do carro com impulso de mãe porque tive esperança, só que como profissional, já sabia que estava em óbito”, informou ela.

“Até agora não sei como tive forças. Dentro do carro do meu filho, no banco de trás, tinha uma moça gritando. Fui ajudar no resgate”

“Chamei duas amigas próximas dele e fizemos algo simples em casa. O Matheus me deu um pedaço de bolo e disse que brincou que eu era a mulher mais complicada da vida dele. No sábado (14), ele foi convidado a tarde para sair com amigos e disse que me amava na despedida”, concluiu, em sequência.

Uma garota, que estava no banco da frente no automóvel dirigido por Mateus, infelizmente, também acabou falecendo no acidente. O condutor do outro automóvel envolvido na batida também foi à óbito. Além dos três mortos, outras sete pessoas ficaram feridas.

O caso em questão acabou gerando uma enorme repercussão nas redes sociais, com milhares de internautas comentando sobre o caso.



PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.