Jovem sofre lesão cerebral após inalar produto que quase todo mundo usa no corpo todos os dias

Uma menina de 16 anos que mora em Queensland, na Austrália, foi encontrada desacordada pela sua família, a mãe da jovem entrou em choque e correu as pressas para o hospital com a filha. 

Chloe Rowe, estava desmaiada perto da sua casa, em uma área de mato, o problema foi causado pela inalação de anti-transpirante Rexona. Sarah Nevins, mãe de Chloe, disse ao jornal The Courier Mail que a filha estava com o namorado quando tudo aconteceu.

A jovem precisou ficar dois meses internada no hospital Royal Brisbane and Women’s, seu cérebro ficou danificado pela falta de oxigênio durante o desmaio. Por muito tempo ela ficou na cama do hospital vivendo com ajuda de aparelhos. Mesmo após a retira dos mesmos, a menina ficou internada se recuperando. 


Agora a mãe da jovem alerta todas as pessoas sobre o perigo: “Eu não teria ideia de que as crianças inalavam Rexona, mas agora eu sei que se chama Rexing“, disse Sarah, chocada com tal ato.

Sarah, lembra do momento de pânico antes da filha chegar ao hospital, os médicos tentaram fazer ressuscitação na jovem com parada cardiorrespiratória. 

O pneumologista Renato Calil, alerta para o perigo da prática de inalar esse produto, infelizmente muitos jovens e crianças estão aderindo a isso. 

"O spray é composto por álcool, alumínio e gases, como o isobutano. O problema é que esses gases se juntam mais facilmente aos glóbulos vermelhos, responsáveis por transportar o oxigênio pelo corpo. Os gases, então, são transportados no lugar do oxigênio o que provoca a asfixia", disse o médico.

Além da lesão cerebral mencionada nesse artigo, o médico alerta para o risco de o produto causar câncer de mama e até a morte das pessoas que inalam o produto. 

"Ao inalar, mesmo pela boca, os gases entram no pulmão e se ligam em questão de minutos aos glóbulos vermelhos. Se isso é feito em um ambiente mais fechado, com um saco plástico na cabeça, por exemplo, pode matar em minutos. A pessoa perde a consciência, desmaia e falece por uma parada cardiorrespiratória. Alguns segundos já representam um risco", afirmou Calil.



PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.