BBB 22: Programa vira caso de polícia e Douglas Silva se vê envolvido em terrível situação

O ator Douglas Silva, que atualmente está confinado na casa mais vigiada do Brasil, se viu vítima de um duro golpe fora do BBB 22 e quem teve que tomar as dores do marido, foi a esposa dele. A jovem entrou em contato com as autoridades para que uma investigação seja aberta. De acordo com Carol Silva, ela foi à Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância.

A psicóloga revelou que foi aberta uma denúncia contra um crime aplicado a Douglas, ele teria sido exposto em um blog que faz referência à Klu Klux Klan. A seita racista original dos Estados Unidos que perpetuou ódio e preconceito contra pessoas negras usou o nome do ator e chamou ele de macaco em uma publicação.

“Douglas Silva, um macaco no BBB”, disparou a seita através de um post nas redes sociais, a mulher do ator não gostou nada da situação e decidiu abrir uma denúncia contra eles. 


De acordo com Carol, o texto foi publicado no último dia 21 de janeiro. O blog está hospedado na plataforma digital WordPress, ou seja, qualquer pessoa pode usar o blog e atacar as pessoas como bem entender. Douglas ainda não sabe de nada e segue no jogo normalmente. Nas redes sociais o caso tomou grande proporções e rendeu o que falar.

No Twitter, milhares de pessoas se mostraram surpresas com a notícia e deram seu apoio ao participante do BBB 22. Rapidamente o nome do ator e de sua esposa foram parar nos Trending da rede social, fãs e seguidores do brother detonaram a ação da seita preconceituosa. O conteúdo do post pergunta até quando permitiriam “macacos como integrantes do reality show”.

Agora foi revelado que o site será investigado e a polícia irá tentar descobrir quem foi o responsável pela publicação racista. Vale lembrar que Douglas não é o único negro no Big Brother Brasil, e o mesmo segue agitando o público ao não ficar toda hora se fazendo de vítima e até mesmo tentando ensinar as pessoas sobre raças.



PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.