Auxílio emergencial começa a ser depositado hoje; Saiba quem recebe

Um dos assuntos mais comentados no país é sobre o retorno do auxílio emergencial que tirou milhares de pessoas da pobreza extrema, e ajudou muitas famílias a passar pela primeira onda da covid-19 no último ano, agora o programa está para voltar e muitos brasileiros estão afoitos para receber o benefício.

Hoje começam a ser depositados as novas parcelas do auxílio emergencial e um novo calendário foi montado para ajudar as pessoas a se programarem para buscar o dinheiro.

Agora com um valor mais baixo que o do último ano, as pessoas poderão ter direito até 375 reais por família, diferente do que foi no ano passado onde o valor era de 600 reais. Atualmente o valor varia entre 150 reais a 375 reais, caso você seja mãe de família e sustente a todos sozinha. O benefício foi reduzido apenas para uma pessoa, visando atender mais pessoas e no intuito de não pegar mais dinheiro emprestado para que o país não se afunde em dívidas.


Ao todo serão 4 parcelas e elas estão discriminadas nas tabelas abaixo, para que não haja tumulto nos bancos. Vale lembrar que mesmo com o retorno do benefício muito vem sendo discutido, pois o Brasil está passando por um momento muito complexo em relação a covid-19, com seus leitos de hospitais lotados e poucas pessoas vacinadas.

Para ajudar, a Caixa Econômica dividiu o cronograma do auxílio emergencial 2021 em dois grupos: 1) beneficiários do Bolsa Família; e 2) trabalhadores informais e inscritos no Cadastro Único (CadÚnico), conforme você pode ver logo abaixo.

Para quem recebe pelo Bolsa Família, o dinheiro será creditado nos últimos 10 dias úteis de cada mês, segundo o último dígito do Número de Identificação Social, mais conhecido como (NIS).

Para os que pertencem ao segundo grupo, os depósitos serão realizados segundo sua data de aniversário. O novo valor, foi muito questionado por todos porém Jair Bolsonaro afirmou que o país não tem como pagar mais.



PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.