pagamento auxílio

Caixa libera saque do auxílio de R$ 600 para mais um grupo

De acordo com o calendário divulgado pela Caixa Econômica Federal, nesta quinta-feira (17), beneficiários do auxílio emergencial que fazem aniversário no mês de dezembro poderão sacar e fazer transferência dos valores recebidos. De acordo com a data de cadastro, a pessoa poderá sacar a 4ª, a 3ª, a 2ª ou a 1ª parcela.

Os valores liberados nesta quinta-feira são referentes ao ciclo 1 de pagamentos. O depósito do benefício foi feito em 26 de agosto na conta poupança digital e está sendo liberado agora.

Nesta quinta começa também o saque da 6ª parcela (a 1ª com valor de R$ 300) para quem é do Bolsa Família.


A autorização para sacar ou transferir os valores vale para quem se inscreveu pelo aplicativo ou site, ou que já fazia parte do grupo no Cadastro Único, mas não recebe o Bolsa Família.

Outro grupo que está recebendo o pagamento do auxílio são os nascidos em dezembro, que solicitaram o benefício entre 24 de abril a 19 de junho e foi aprovado agora. O outro grupo é o de beneficiários que recebiam e teve o pagamento bloqueado durante a reanalise cadastral.

O dinheiro foi depositado em poupança digital da Caixa, no entanto só podia ser usado para fazer pagamento de contas e boletos e compras usando o cartão virtual.

Os aniversariantes dos meses entre janeiro e setembro já tiveram seus saldos liberados nas semanas passadas e continua podendo sacar ou transferir a parcela da vez.

O dinheiro pode está na conta pessoal

Funcionários da Caixa disseram que se o dinheiro não estiver na conta poupança digital, pode estar em alguma conta pessoal do beneficiário que informou no ato do cadastro. Eles sugerem que as pessoas consultem o saldo de suas contas pessoais para saber se o dinheiro está lá entes de se dirigir as agências da Caixa.

Entenda os critérios

O número de parcelas liberadas nesta quinta-feira depende de quando o cadastro do beneficiário foi aprovado e atenda aos seguintes critérios:

1ª parcela: quem teve o cadastro aprovado em julho e não recebeu nenhum pagamento; e também para quem contestou o cadastro entre 24 de abril e 19 de junho e foi aprovado depois disso;

 2ª parcela:  quem começou a receber o auxílio entre o final de junho e o começo de julho;

3ª parcela: quem começou a receber o auxílio em maio;

4ª parcela: quem começou a receber o auxílio em abril.



PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.