nossas redes sociais

Finança

Caixa paga auxílio de R$ 300 a 1,6 milhão nesta segunda

auxilio

O Governo divulgou o calendário sobre o pagamento do Auxílio Emergencial de R$ 300 e R$ 600 para mães chefe de família.


De acordo com o calendário, os pagamentos já foram iniciados desde o dia 17 de setembro para pessoas que recebem o bolsa família.

Os pagamentos são feitos de acordo com o final do Número de Identificação Social.

Nesta segunda-feira (21), o pagamento está sendo feito para quem tem NIS que termina em 3.

Beneficiários que recebem o bolsa família e auxílio emergencial receberão o que tem maior valor.

Até o momento os únicos que tiveram a data de pagamento divulgada foram os beneficiários do bolsa família.

Pessoas que foram aprovadas em outras modalidades ainda estão aguardando a divulgação do calendário e a liberação do pagamento.

Confira o calendário completo da sexta parcela.

  • 17 de setembro: para os beneficiários que têm NIS de final 1
  • 18 de setembro: para os beneficiários que têm NIS de final 2
  • 21 de setembro: para aqueles que têm NIS de final 3
  • 22 de setembro: para os beneficiários que têm NIS de final 4
  • 23 de setembro: para as pessoas que têm NIS de final 5
  • 24 de setembro: para os beneficiários que têm NIS de final 6
  • 25 de setembro: para aqueles que têm NIS de final 7
  • 28 de setembro: para os beneficiários que têm NIS de final 8
  • 29 de setembro: para aqueles que têm NIS de final 9
  • 30 de setembro: para os beneficiários que têm NIS de final 0

Auxílio emergencial tem valor reduzido

O valor do auxílio emergencial foi reduzido para R$ 300. O auxílio foi prorrogado até dezembro de 2020 pelo Presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) por meio de uma Medida Provisória (MP), a qual pode ser derrubada pelos parlamentares que insistem no pagamento de R$ 600.

Ao justificar a redução do valor, Bolsonaro diz que o dinheiro não iria atender todas as necessidades dos beneficiários, mas já é superior ao valor recebido através do programa bolsa família.

O programa foi criado para ajudar as pessoas que foram prejudicadas com a pandemia do novo coronavírus. O auxílio no valor de R$ 600 tem o objetivo de ajudar trabalhadores que perderam seus empregos e empresas que foram prejudicados com a pandemia.