Advogado de Dr. Jairinho ameaça sai do caso se tiver recebido informaçoes falsa

O caso da morte do menino Henrique teve grande repercussão e novas atualizações são feitas a cada dia sobre o caso que gerou rebeldia em muitas pessoas.

Desta vez, o procurador da Câmara Municipal, Jairinho, e a mãe do rapaz, Monique, acabaram por dizer ao público que se o casal prestasse informações falsas sobre o caso, já não iriam defender os dois.

“Se o casal me deu qualquer declaração que demonstre ser falsa, eu posso dizer publicamente, já antecipo, que não fico na causa de quem mente pra mim”, disse o advogado André França Barreto.

“Se (as mensagens) demonstram que mentiram deliberadamente para mim, pode ter certeza que não ficarei no caso. Mentira eu não sustento para ninguém”, disse.

Segundo o próprio advogado, inicialmente o casal sempre se mostrou inocente no caso, e o advogado afirma que um dos principais fatos é a notícia da mãe de Henry e da babá do bebê.

+  Vídeo: Mulher grávida tenta pular da janela do apartamento ao ser espancada pelo próprio marido; tente não chorar

Advogado de Dr. Jairinho diz que sai do caso se tiver recebido informação falsa

“Eu nunca soube dessas mensagens, desse diálogo da Monique com a Thaina (Ferreira, babá), mas também não sei se são verdadeiras. A Thaina não se pronunciou sobre isso, e não conversei com a Monique sobre isso”, disse ele. “O casal sempre se coloca como inocente.”

“Eu olhei as mensagens e não identifico nada efetivamente muito contundente (…) Considerando essas mensagens como verdadeiras, eu vejo uma preocupação de uma mãe, uma investigação de uma mãe, até querendo colocar câmeras, essa coisa toda”, afirmou ele.

“Me parece que todas as mensagens são do mesmo dia. Ou seja: não existem relatos em dias diferentes, uma coisa em janeiro, outra em fevereiro, outra coisa em outro dia de fevereiro, março. Eles não mostram constância, mostram um diálogo, uma preocupação, um zelo”, disse.


O caso ainda está pendente, tanto como mãe quanto como padrasto, foram presos sob suspeita de responsabilidade pela morte do menino e não o encontraram já debilitado na sala, afirmam nos depoimentos.

+  Menina de 12 anos tira a própria vida de forma trágica e detalhes assustam a todos


PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.