nossas redes sociais

Notícias

Bolsonaro afirma que auxílio é “endividamento” e conta que o dinheiro usado não é do povo


Durante a live semanal do presidente, ele entrou em debate sobre o assunto do programa do auxílio emergencial. Segundo as falas do presidente, esse dinheiro que vem sendo usado para fazer o pagamento das parcelas, não é da população.


Jair Bolsonaro diz que o dinheiro que depositado, é um grande endividamento para o país. E ele revelou que o governo não estava com esse dinheiro no caixa.


O presidente contou que algumas pessoas falam que esse dinheiro pertence ao povo e o presidente afirma que não é. E afirma que o valor pago é uma dívida.

O presidente conta que o país não estava com esse dinheiro no caixa. Bolsonaro faz suas lives nos dias de quinta-feira, em suas redes sociais.


Jair ainda conta que essa alta que ocorreu nos aumentos dos preços do arroz e também de outros alimentos que pertencem a cesta básica, ocorreu devido ao auxílio emergencial.

O presidente contou que por causa dos mais pobres que estão com mais uma renda, foi o motivo de ter ocorrido essa mudança no valor dos preços.

Ele contou que por causa desse dinheiro, ocorreu uma inflação no mercado.


Jair Bolsonaro contou que o programa está sendo pago pela Caixa, e depositado em uma conta poupança social por causa da falta de papel moeda. O motivo da nota de R$ 200 ter sido criada é esse.


Ele explica que por causa da falta de papel, eles acabaram criando a nota de R$ 200, porque assim iria acabar o problema e por causa disso tem o pagamento digital e ainda deu um exemplo que fez sobre o banco criar R$ 50 bilhões de nota por mês.

Ele ainda falou que ouviu muitas pessoas falando que o governo tinha a intenção de fazer uma colaboração com a corrupção.


Prorrogação do benefício:


O programa acabou sendo prorrogado até o último mês do ano, porque foi feito um estudo que resultou que o programa ainda era necessário para a população.


Foi feito uma mudança nos valores das parcelas e as ultimas ultimas parcelas serão no valor de R$ 300 porque de acordo com o governo, R$ 600 estava muito pesado.


Vale lembrar que Bolsonaro vai passar por outra cirurgia porque ele está com cálculo na bexiga, mais informações serão dadas aqui.