Bombeiro não consegue segurar a emoção de salvar a vida de uma criança de 4 anos e ele revela o motivo de ter essa reação

Atualmente, tem diversas profissões que precisam lidar quase de maneira direta com a vida de um ser humano e dependendo do caso, ele pode ser bastante emocionante e te tocar de uma maneira tão profunda que você acaba não tendo reação e só deixa aquele momento único te tocar. 

Mas, qual é o motivo de estar falando sobre isso? Bom, podemos dizer que um bombeiro chamado Joel Junior Silva Lemos, que vive em Guarujá, passou por um momento em que ele nunca vai esquecer. 

Esse caso ocorreu em uma praia chamada Praia das Astúrias, que fica no litoral paulista. O agente acabou falando sobre esse momento para o portal de notícia G1.

+  Após se casar com o próprio filho, mulher se separa para se casar com a filha e o pior acontece

O agente falou que ele estava fazendo uma manutenção da moto-aquática, quando ele notou que tinha pessoas que estavam se afogando.

O homem fala que de começo, nem ele e nem outros agentes dos bombeiros tinha noção de que as pessoas que estavam se afogando eram crianças.

Logo depois, os agentes começaram a dar  início do protocolo para fazer o salvamento e conseguir entrar dentro d’água.

Foi informado que naquela confusão, tinha cerca de 4 crianças que estavam sendo afogada naquele instante.

+  Após se casar com o próprio filho, mulher se separa para se casar com a filha e o pior acontece

Foi informado que as vítimas desse afogamento pertencia à mesma família e o momento em que ocorreu esse incidente passou de uma maneira muito rápida. 

Foi informado que tinha algumas crianças brincando com as suas boias na parte rasa do mar, entretanto acabou surgindo uma onda no qual puxou as crianças, entre eles tinha crianças de 4 anos, 10 anos, uma de 13 e um adolescente que tinha 18 anos.

Para conseguir realizar esse salvamento, foi preciso ter 4 agentes dos bombeiros e também a ajuda de surfistas que se encontravam no local no momento em que o incidente ocorreu.

+  Após se casar com o próprio filho, mulher se separa para se casar com a filha e o pior acontece

O agente revela que só soube que se tratava de crianças quando ele se aproximou das vítimas.

O agente emociona ao dizer que no momento em que ele prestou ajuda a criança de 4 anos, ele tinha pensado em seu filho. 

Ele revelou que no momento em que ele encontrou o menino, a criança estava com muito medo e acabou se agarrando ao corpo dele, e nesse momento a primeira coisa que veio na mente dele era o seu filho.

Deixe sua opinião sobre o caso e não se esqueça de compartilhar, assim você está nos ajudando a levar mais informações importantes pelo Brasil.



PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.