Caso Henry Borel: Novas conversas de Monique com sua mãe são expostas e geram revolta: ‘Quem ama, cuida’

Um dos casos mais marcantes de todo o Brasil, está se encaminhando para seu desfecho, depois que novas informações sobre o menino Henry Borel foram reveladas pelas autoridades. Agora com Monique e Jairo detidos, novas informações retiradas dos aparelhos celulares do casal, renderam o que falar nas redes sociais.

O menino que foi alvo de tortura de Jairo, chegou a passar por momentos bem complicados, e agora foi revelado que depois da sessão de tortura que o jovem sofreu, a mãe dele, chegou a mandar uma imagem para a avó do garoto. 

+  Jovem é morta, após ser esfaqueada por amiga, que queria testar se era psicopata

Rosângela Medeiros, é avó materna de Henry, e na imagem o menino está deitado no chão do quarto onde sua mãe ficava com Jairinho.


O bate papo foi recuperado pelos peritos e exposta pelo jornal O Globo, a avó do menino chega responder sobre a foto, e ressalta, “Toda criança é desse jeito. Seu irmão foi assim. O problema é que pai tolera e aceita. E tio?”, logo depois Monique chega a rebater a própria mãe,“Quem ama, aceita e tolera também…”.

+  Menina de 11 anos engravida do próprio irmão de 14 e detalhes deixam todos revoltados

A conversa aconteceu 11 dias depois que a babá relatou que o garoto era torturado por seu padrasto. Vale lembrar que mesmo relatando a violência em tempo real a mãe do menino só voltou para sua casa 3 horas depois, segundo informação Monique estava a menosa de 5 minutos de sua casa naquele fatídico dia.

Para a polícia a jovem Thayna, contou que no mesmo dia, Monique pediu para que ela levasse Henry até ela para que eles pudessem passear. E na mesma hora ela voltou a comentar sobre a agressão.

+  Menina de 12 anos tira a própria vida de forma trágica e detalhes assustam a todos

A babá narrou exatamente o Monique falou no dia da tortura, “Nossa, eu vim rápido, ainda borrei minha unha. Me conta, Thayna, o que aconteceu?”.  Thayna relatou uma nova vez, o que viu e ouviu e Henry Borel que estava ao seu lado, confirmou tudo para a mãe que não tomou nenhuma atitude.



PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.