Filha de médico de Bolsonaro se cansa e decide jogar tudo no ventilador em longo desabafo: “Nunca recebeu um real”

Recentemente, Beatriz Macedo Lopes, filho do cirurgião responsável por Jair Bolsonaro (PL), Antônio Luiz Macedo, tomou a decisão de quebrar o silencio, escrevendo uma longa carta com o intuito de rebater as notícias falsas e os boatos envolvendo o nome de seu pai. Macedo é o grande responsável por acompanhar o estado de saúde do atual presidente da República.

O cirurgião também foi o motivo que atendeu o Chefe do Executivo durante o atentado ocorrido em 2018, momento que Bolsonaro havia sido atacado com uma facada. De lá para cá, o político sofreu o total de nove complicações, sendo, em todas as vezes, acompanhado por Antônio Macedo.

+  Acabar de chegar notícia que ninguém esperava sobre o apresentador Faustão, fãs ficam sem acreditar

Se mostrando incomodada com as mentiras contadas a respeito de seu pai, Beatriz decidiu abrir o jogo, escrevendo uma carta longa e, após, encaminhando para o colunista Felipe Moura Brasil. Na mensagem, ela destaca a ética e trabalho duro de seu pai, denominando o profissional como um “workhalic” (pessoa viciada em trabalho)  e fazendo questão de defender as acusações acerca do uso indevido de dinheiro público.


“Meu pai é o médico do Bolsonaro e estão mentindo e falando um monte de absurdo a respeito dele e isto é muito injusto. Votei no presidente, me decepcionei e não apoio mais, mas, independentemente de política, aprecio caráter e sei que você é bom caráter, então vou lhe escrever, porque é muito cruel mentirem”, desabafou.

+  Lembra da mãe e do filho que eram apaixonados? Eles brigaram na justiça para viver o romance e você não vai acreditar o que aconteceu com eles

Macedo necessitou interromper seu período de férias em Bahamas para voltar ao território brasileiro às pressas, após uma nova complicação intestinal de Bolsonaro.

“Ele não descansa, trabalha direto a semana inteira. Viajou com o dinheiro dele, não do governo, nunca utilizou verba pública, nunca recebeu favor algum do governo”, disse Beatriz, em seguida.

+  Homem espanca idosa de 103 anos até a morte; detalhes assustam a população

Não parando por aí, a filha do profissional ainda confirmou que havia viajado ao lado do pai para o Hospital Vila Nova Star. “É um cidadão sério que estava em Nassau, Bahamas, Caribe, e de lá não saem voos todos os dias, só às terças e quintas. Como era urgente, ele precisou sair na terça de lá, então o hospital em que ele trabalha enviou o avião para buscá-lo. Não foi avião da FAB, não foi avião pago pelo governo, nada disso.”



PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.