Garoto de 13 anos mata mãe, irmão e manda o pai para hospital em estado grave após ficar sem jogar

Um jovem de 13 anos tirou a vida da mãe e do irmão de forma fria e cruel esta semana. Dona Iranilda de Sousa Medeiros Araújo, de 47 anos, e o irmão mais novo do rapaz, Gabriel de Sousa Medeiros Araújo, de 7 anos, foram mortos dentro de casa, na cidade de Patos, sertão da Paraíba. O caso acabou se tornando viral e chocou milhares de pessoas.

Segundo informações, o crime aconteceu na tarde de sábado, logo após uma discussão que saiu do controle. A mãe do teria brigado com ele, depois que viu o boletim do filho. O menino que estava com notas baixas ficou de castigo e perdeu o celular.

Depois disso, o garoto pegou a arma do pai, que é um PM reformado, e disparou contra seus parentes. O policial também foi baleado no tórax e está em estado grave. De acordo com a polícia, o pai do menino pegou o celular dele, acreditando ser esse o motivo dele estar com notas baixas na escola.


Logo depois ele saiu de casa e foi neste momento que o menino pegou a arma do pai e agiu contra a própria famíla. "A mãe aguardava no quarto, deitada, dormindo. Ele chegou, encostou a arma na cabeça dela e efetuou um disparo contra a mãe", declarou o delegado que comanda o caso. Assim que ouviu o tiro o irmão mais novo saiu em disparada.

Ele notou que o irmão estava armado e brigou com ele, por medo ele saiu correndo e acabou dando de frente com seu pai. O policial tentou tirar a arma do filho, mas levou um tiro e caiu no chão. "O pai chegou, tentou intervir para que ele soltasse a arma, e ele terminou efetuando um disparo contra o pai, que caiu na sala. O irmão, ao ver o pai caído, foi tentar socorrê-lo, o abraçou, foi quando ele (o adolescente) atirou no irmão pelas costas".

O jovem que recebeu o tiro nas costas não resistiu e morreu na hora, o mais impressionante foi que o jovem de 13 anos, tentou mascarar a cena do crime e pediu ajuda, informando que a casa havia sido roubada.  "Depois, friamente, ele guardou a arma onde estava, chamou o Samu e tentou fazer (parecer) que tinha sido um assalto, que (ladrões) tinham entrado. Mas depois de todas as diligências que fizemos, a gente conseguiu elucidar esse caso",enfatizou o delegado deixando todos chocados com a frieza do adolescente.

Nas redes sociais o caso teve grande repercussão e chocou milhões de pessoas em todo o país. Muitos internautas se mostraram alarmados com o fato de um jovem de tão pouca idade ser tão frio e calculista a ponto de tirar a vida de toda a família. Agora o caso segue sendo investigado pela polícia e o pai do garoto está internado



PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.