Homem mata mulher esquizofrênica, arrasta corpo no meio da rua e detalhes assustam; “Um monstro”

Um vídeo impactante chamou a atenção de milhares de internautas, na gravação é possível ver um homem arrastando um corpo no meio da rua. Segundo informações o crime foi gravado por câmeras de segurança e foram elas que ajudaram a Polícia Civil do Distrito Federal a resolver um caso de feminicídio.

Os moradores do Recanto das Emas, ficaram em pânico com a situação. A morte de Luciana Regina de Faria, de 46 anos, deixou todos alarmados, ela que recebeu o diagnóstico de esquizofrenia, havia sumido no dia 31 de agosto e seu corpo só foi encontrado no dia 10 de setembro.

+  Taxista revelar levado criminoso procurado em GO e choca internautas; “Eu poderia ter sido morto”

Segundo informações, ela foi carbonizada e os detalhes ficaram ainda mais macabros. Um vídeo que foi compartilhado pelo Metrópoles mostra o criminoso que matou Luciana, no vídeo surge um homem de 36 anos, arrastando um grande saco, coberto por um pano próximo da casa onde a vítima vivia.


Agora com a gravação em mãos, a polícia conseguiu apreender e identificar o criminoso. A gravação, que se tornou viral e aterrorizou milhões de pessoas, mostra o homem arrastando o corpo da vítima durante o dia na frente das pessoas. A polícia revelou ainda que perto da casa de Luciana, havia uma obra e pode ter sido daí que o criminoso conseguiu entrar na casa da vítima.

+  Urgente! Instituto Adolfo Lutz confirma dois casos da Ômicron no Brasil; população entra em pânico

Os trabalhadores chegaram a reconhecer o assassino e logo em seguida ele foi detido e levado para a delegacia. O criminoso tentou ainda se explicar e mentiu sobre o que estaria fazendo quando apareceu nas filmagens. Segundo ele, ele estaria carregando “trouxa de roupas” durante uma mudança.

A família da vítima ficou arrasada com o crime brutal e pede por justiça, durante a investigação as autoridades descobriram que o criminoso ficava vigiando o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) da cidade e foi daí que ele definiu sua vítima. O homem chegou a tentar fugir da cidade antes de ser preso, porém não conseguiu.

+  Homem vira alvo de críticas por assumir bebê da namorada e rebate: “Sabia que ela estava carregando um pacotinho”


PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.