Homem tira a vida da ex-mulher a marretadas e o que ele faz depois assustou os policiais; Casal tinha uma filha

Um caso brutal tomou conta dos sites de notícia e chocou milhares de internautas em todo o Brasil, um crime que ocorreu no Rio de Janeiro, virou um dos mais comentados depois que foi revelado que um homem tirou a vida da ex, com golpes de marreta. A polícia revelou que o corpo da mulher foi encontrado por vizinhos.

Segundo informações o crime aconteceu, pois o homem não aceitou muito bem o final da relação e enfurecido Haroldo Da SIlva Amorim matou a ex de forma cruel e fria. O mais impressionante é que o casal tinha uma filha juntos.

+  Ator Luciano Szafir revela medo de morrer após testar positivo para a Covid-19 pela 3ª vez e preocupa internautas

A jovem Bruna Araújo de Souza, de 27 anos, foi morta a marretadas e a tiros por Haroldo, de 41 anos, de acordo com a perícia do IML. Haroldo da Silva Amorim, era morador de São Gonçalo, na região metropolitana do Rio, e decidiu tirar a vida da ex na última quinta-feira. A polícia chegou a iniciar uma busca pelo criminoso, porém eles ficaram surpresos ao ver que ele tinha se matado.

+  BBB 22: Vidente afirma que terá expulsão no programa global e alerta deixa todos assustados: ‘Coisas graves’

Após cometer o crime cruel ele teve o corpo encontrado por uma vizinha num beco da região onde morava, no bairro Rio do Ouro. De acordo com os detalhes ele teria roubado um carro de uma oficina, fugiu e se jogou do vão central da Ponte Rio-Niterói. Antes de realizar tal ato brutal, ele ainda atirou contra uma parente.

Cidinea da Silva Russell, tia do rapaz, foi quem acabou reconhecendo o corpo do sobrinho no hospital. Ela ficou em choque assim que recebeu a notícia, o feminicídio chamou a atenção de milhares de internautas nas redes sociais. Haroldo chegou a ser socorrido por uma lancha do Corpo de Bombeiros mas acabou não resistindo aos ferimentos.

+  Morre Daniel, familiares e amigos lamentam a triste perda: "Dor imensa"

Vale lembrar que os casos de feminicídios no Brasil seguem aumentando cada vez e isso vem preocupando as autoridades. A família da jovem assassinada ficou alarmada com a notícia de sua morte, não foi revelado o estado da filha do casal.

 



PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.