Mãe e bebê acabam queimando o corpo com álcool por não ter dinheiro para o gás e estado de saúde é revelado

Em meio pandemia do novo coronavirus, muitas pessoas tem sido afetadas, não só na área da saúde, mas também, na área financeira, devido o fato de muitos comércios terem sido fechados, muitos pais e mães de família ficaram desempregados. 

Devido a isto muitos ficaram até mesmo sem condições de sustentar as suas famílias, e devido a isso muitos acabam passando por necessidades financeiras e até mesmo acabam não tendo condições de comprar o gás.

E na grande São Paulo um caso cortou o coração de muitos internautas, uma mulher que é mãe de um bebe, acabou tendo que lidar com uma situação que muitos brasileiros enfrentaram, a falta de condições, para comprar um gás. 

+  Menina de 12 anos tira a própria vida de forma trágica e detalhes assustam a todos

Um fato ocorreu em Osasco a mulher em meio a essa situação difícil tomou uma decisão que colocou em risco a sua vida, e a vida do seu bebe de apenas 7 meses, a mulher teve a ideia cozinha com álcool combustível, no entanto esse desesperador, acabou não dando certo, a mulher e o bebe acabaram se queimando, e a mãe teve 90% do corpo queimado e o filho 18% do corpo queimado.

+  Luto: Mulher tem morte súbita enquanto amamentava e filha morre engasgada com leite

De acordo as informações apuradas pelo G1, a mãe foi intubada, no pronto-socorro do Hospital Geral Vila Penteado, na Zona Norte de São de São Paulo. Segundo as informações da Prefeitura de Osasco, o bebe que teve 18% do seu corpo queimado, teve queimaduras ao lado do rosto e ele já está internado no pronto-socorro Hospital Antônio Giglio, segundo os relatos não houve nenhum tipo de explosão entro da casa, e que o fogo teria sido causado pelo etanol , que acabou causando queimadura de 2° grau, tanto na mãe como no filho.

+  Jovem é morta, após ser esfaqueada por amiga, que queria testar se era psicopata

Que venhamos ter mais cuidado com as nossas atitudes por que infelizmente muitos já partiram, por causa de um mero descuido ainda mais quando se trata de crianças em casa.



PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.