nossas redes sociais

Notícias

Mãe tira a vida de suas filhas de 1 e de 3 anos e o motivo é revoltante


Toda vez em que a mídia divulga alguma morte, isso acaba sendo um choque para a sociedade. Independente do motivo mas quando falamos do óbito de uma criança, todos sentimentos a grande dor de um ser humano inocente ter sua vida tirada com tão pouco tempo de vida.

Esse caso ocorreu no interior da Inglaterra, em uma cidade que é chamada de Rugby.

Nessa cidade morava uma jovem chamada Louise Porton e ela já era mãe de duas crianças.

Loise Porton acabou se “cansando” próprios de seus filhos e a solução que encontrou naquele momento era tirar a vida das duas crianças.

Além desse ato tão desprezível que a mãe teve, o que ela contou para a polícia era algo completamente sem cabimento e que é muito revoltante.

Vale lembrar que a polícia já é acostumada a receber diversos crimes que são cometidos, mas um crime como esse que mostra a frieza e a crueldade de um ser humano é algo que até mesmo a polícia que é acostumada, acaba sentindo uma grande revolta.

A jovem tem apenas 23 anos.

Segundo as informações que foram dadas pelo portal Metrópoles, os promotores desse caso falam que o que causou a morte das duas crianças, foi porque elas estavam empatando a mãe de ter uma vida sexual.

Durante o julgamento, a jovem negou ter cometido o crime, mas as provas desse caso são bastante fortes e o júri popular acabou entendendo que as provas que foram mostradas eram incontornáveis e por causa disso, a jovem de 23 anos pegou a maior pena que tem, a perpétua, ou seja, esse ser do mal, nunca vai poder sair da prisão e vai pagar pelo assassinato dos seus próprios filhos.

As crianças que foram assassinadas pela mãe, tiveram um breve intervalo de tempo, no qual a primeira criança que foi assassinada era a mais velha de 3 anos, 18 dias depois, a mãe matou a mais nova, que tinha 1 anos e 5 meses.

A polícia também encontrou a mãe marcando diversos encontros em um aplicativo de relacionamento.