Menino morre após enfaixar braço quebrado no hospital e mãe arrasada faz um alerta para todos: ‘’toda atenção é pouca’’

Saimon Gabriel Freitas Neri da Costa, de seis anos, morava com sua familia em Manicoré, no Amazonas, a mãe do menino, Sandy Freitas, está arrasada após perder o filho que foi apenas enfaixar o braço quebrado no hospital. 

Tudo aconteceu após o pai da criança sofrer um acidente de moto junto com o filho, com o impacto, Saimon acabou fraturando o braço, já o pai precisou ficar internado. 

Segundo a mãe conta, ela acompanhou o procedimento do filho: “Eu tinha ido pegar água para o meu marido, quando vi que eles levavam o meu filho na maca. E aí ele gritou por mim: ‘Mamãe, mamãe!’. Eu pedi para ele se acalmar que era o procedimento para ajeitar o bracinho dele e que logo ele estaria de volta. Pedi para o médico deixar eu entrar na sala de procedimentos para acalmar meu filho e ele permitiu”, contou.

+  Brasil em oração! Leonardo é vítima de triste acidente durante explosão de um botijão gás e deixa todos preocupados

Logo em seguida Sandy, começou a viver momentos de terror, ela conta que o médico primeiro aplicou três anestesias locais, e vendo que seu filho ainda continuava com dor, aplicou uma quarta anestesia, desse vez geral. 

“Vi o pezinho dele ficar branco, branco. Depois toquei no coração dele, senti ficando fraco e quando eu falei para o médico, ele verificou que a boca dele estava ficando roxa e aí começou a fazer uma massagem para tentar reanimá-lo”, relembrou.

+  Jovem decide inovar na cama e surpresa deixa namorado assustado; “Namorado terminou na hora”

Os médicos levaram o menino as pressas para UTI e foi intubado, no entanto, a partir desse momento a mãe não pode ficar com o filho. Quando era quase meia-noite a mãe recebeu a pior noticia da sua vida, seu filho não resistiu e morreu. Agora ela cobra justiça. 

“Meu filho era um menino alegre. Todo mundo o conhecia. Pode vir aqui e perguntar. As enfermeiras que o atenderam sempre o viam radiante, feliz, confiante que tudo ia dar certo”, desabafou.

+  Menina de 11 anos engravida do próprio irmão de 14 e detalhes deixam todos revoltados

Sandy já registrou um boletim de ocorrência e pretende entrar com uma ação na Justiça.  “Eu quero justiça pelo meu filho. Meu filho merece justiça”, protestou



PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.