Mulher aparece implorando pela vida, antes de algo terrível acontecer

Foram analisadas algumas imagens de segurança de uma câmera que fica em um motel, nas imagens mostra o momento exato em que duas mulheres foram assassinadas. Este motel fica em Caiapônia, cidade que fica a 330 km de Goiânia. 

No vídeo podemos ver em que uma das funcionárias que trabalhavam no motel, entrega o dinheiro que tinha no caixa, o celular pessoal e também chega em um momento em que ela começa a implorar pela vida, entretanto o suspeito acaba atirando em Simone.

+  Após se casar com o próprio filho, mulher se separa para se casar com a filha e o pior acontece

Logo depois podemos ver o momento em que o suspeito vai tirar a vida de uma das vítimas, primeiro ele coloca a mulher sentada em uma cama, podemos notar que ela está muito desesperada e que leva sua mão diversas vezes para o rosto, logo após, o rapaz acaba com a vida da moça.


Depois do crime, os corpos das duas vítimas foram levadas para a cisterna do local.

O rapaz que cometeu esse crime, conseguiu sair do local com cerca de R$ 1.500 em dinheiro. 

+  Após se casar com o próprio filho, mulher se separa para se casar com a filha e o pior acontece

Vale lembrar que a polícia só ficou sabendo desse crime depois que tinha se passado oito horas, isso tudo porque a filha de uma das vítimas estranhou o sumiço da mãe.

A filha já desesperada decidiu ir procurar a polícia para conversar sobre sua mãe que havia sumido.

De acordo com os policiais, o rapaz que está sendo suspeito era um jovem que tinha 21 anos e ele tinha acabado de sair da cadeia quando isso aconteceu. Esse rapaz ele já teve outras passagens pela polícia. 

+  Após se casar com o próprio filho, mulher se separa para se casar com a filha e o pior acontece

Segundo os agentes que trabalham no presídio, eles afirmam que o detento tinha saído do local com roupas muito semelhantes às que foram usadas para cometer esse crime.

Nas imagens do vídeo, o rapaz chega no local segurando uma arma, com o capuz na cabeça para que assim ele não fosse reconhecido.

Atualmente, a polícia segue investigando o caso como latrocínio ou seja, quando uma pessoa rouba um local e tira a vida de uma vítima que estava no momento.



PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.