Mulher de 31 anos morre durante show e vídeo chama a atenção dos internautas: “Banda não parou de tocar”

Em São Paulo, durante a realização de uma festa de despedida de solteira, uma noite bastante agitada, infelizmente, acabou em uma terrível tragédia. O caso em questão aconteceu em Guarulhos, após a jovem Marina Gomes Vieira, de apenas 30 anos, passar mal no local de dança, no momento em que uma banda realizava um show ao vivo para todos que estavam presentes.

Após o mal estar, a mulher, rapidamente, decidiu acionar o socorro, infelizmente, não resistindo e indo à óbito. Ainda assim, as pessoas que estavam perto de Marina decidiram filmar a cena, se indignando com o fato da banda que estava tocando no local não parar o show durante o atendimento, seguindo como se nada tivesse acontecido.

+  Vídeo: Mulher grávida tenta pular da janela do apartamento ao ser espancada pelo próprio marido; tente não chorar

A vítima sofreu uma convulsão, após tomar tequila com cerveja. Após a convulsão, a jovem teve uma parada cardiorrespiratória, sendo reanimada por um enfermeira que estava lhe socorrendo naquele instante.


“Ela foi reanimada duas vezes antes de chegar o socorro. Enquanto isso, o samba não parava de tocar. Estamos todos indignados com isso”, afirmou uma testemunha.

+  Menina de 12 anos tira a própria vida de forma trágica e detalhes assustam a todos

“O Samu chegou muito depois, mas eles passaram com custo, os bombeiros passando com a música tocando, ninguém parou, ninguém teve a sensibilidade de parar. Foram atender e ela morreu no local. Fizeram massagem cardíaca e ela já saiu morta”, disse a testemunha, que não optou por não ser identificada.

O irmão de Marina, Francisco Alberto Gomes Vieira, decidiu ir até sua conta oficial nas redes sociais para prestar uma homenagem à sua familiar após a terrível tragédia, que acabou chocando milhares de internautas.

+  Luto: Mulher tem morte súbita enquanto amamentava e filha morre engasgada com leite

“Minha irmã linda, sua partida nos deixa todos sem chão, obrigado pelo tempo que esteve conosco, te amaremos para sempre”, escreveu ele.

 endereço, após ser contatado, afirmou que, pelo fato de ser um bar com música ao vivo e com capacidade para o total de 400 pessoas, não possui a obrigação de manter uma ambulância no local.



PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.