Mulher grávida do quarto filho, alimenta a família com farinha e água suja

O IBGE criou uma pesquisa para descobrir quantas pessoas vivem de forma miserável no país.

Esse estudo resultou em mais de 7 milhões de famílias que não tem condição nem de ter uma alimentação básica e muitas delas contam o quanto a fome é cruel.


Por exemplo: Foi mostrado que na zona rural, da cidade Belágua, maranhão, alguns pais precisam dar farinha e água para conseguir alimentar os filhos.



Na cidade que foi usada como exemplo, possui mais de 7 mil habitantes e muitos deles vivem na zona rural.


Segundo os estudos do IBGE, a renda da maioria das famílias por mês é de R$ 146. Entretanto, sabemos que isso é só numero de estatística e muitos relatos das famílias dessa cidade, comprova que a realidade é outra.

+  Após se casar com o próprio filho, mulher se separa para se casar com a filha e o pior acontece


Os pais Aldeide e Zé Raimundo lutam para conseguirem manter eles e sua família vivos.
Eles têm dois filhos nas idades de 2 anos e outra de 5 meses e contam que as crianças não para de chorar porque elas sentem fome.


A mãe conta que ela ainda precisa dar de mama para uma bebê de 5 meses, entretanto o leite o corpo dela já não está produzindo leite, devido a má alimentação e por conta disso, esse leite não é mais o suficiente para a criança.


O homem da casa, se encontra desempregado e não sabe mais o que fazer.


Ele conta que faz de tudo para que sua família consiga sobreviver, ele tenta pescar para que assim eles conseguem almoçar no mínimo, mas nem todos os dias ele consegue levar um peixe para casa.

+  Após se casar com o próprio filho, mulher se separa para se casar com a filha e o pior acontece


Dentro da geladeira dessa família, só tem garrafas de água. A mãe não consegue segurar a dor da angústia ao ver seus filhos implorando por um prato de comida e ela, que não tem fonte de renda e nem como conseguir o que eles desejam, só pode confortá-los e dizer que essa fome logo vai passar.


Na mesma cidade, mora mais algumas famílias que vivem pela mesma situação.


Maria José, que tem 22 anos e tem 3 filhos e está grávida de mais um, que deverá nascer nos próximos dias. A moça vive com seu esposo e para ter o que comer, Maria acaba plantando mandioca.

+  Após se casar com o próprio filho, mulher se separa para se casar com a filha e o pior acontece


A mandioca é usada como alimento ou até mesmo virar farinha para todos comerem, ela conta que usa a farinha em uma água suja e dá para seus filhos comerem na esperança que essa “alimentação” consiga matar a fome das crianças.

Reprodução: R7


Ela conta que quando não tem a farinha dentro de casa, seus filhos acabam tendo que passar o dia apenas com café puro.


Os especialistas falam que não adianta só dar energia em forma de calor e que também esses meninos precisam comer gordura e as proteínas que são fundamentais para o desenvolvimento do corpo humano, principalmente na fase no qual somos crianças.



PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.