nossas redes sociais

Notícias

Nesta segunda-feira, Bolsonaro fala sobre vacina no Palácio da Alvorada: ‘Não é mais barato investir na cura do que na vacina?’


Não é nenhuma novidade que as falas do presidente Jair Bolsonaro são muito marcadas pela população, não é mesmo?


Dessa vez, o presidente estava nesta manhã de segunda-feira, 26 de outubro, no Palácio da Alvorada e acabou soltando mais uma de suas falas que dão um verdadeiro choque na população brasileira.

No ocorrido de hoje, Jair Bolsonaro diz que talvez fosse melhor investir na cura contra o coronavirus, do que investir na vacina contra essa doença.

Segundo o que foi dito pelo próprio presidente, o motivo dele achar melhor investir no remédio é que corre um risco de a produção da vacina levar anos.

Ele diz que em base a vacina anteriores, existe um risco de que a vacina contra a doença demore cerca de 4 anos.

Logo depois ele afirma que todo mundo fala que a vacina mais rápida a ser produzida, levou 4 anos.

Após essa afirmação, o presidente fala que não entende o motivo das pessoas estarem correndo para cima dessa vacina.

Bolsonaro também diz que seria mais em conta investir na cura do que nesta vacina. Ele também comenta que poderia investir nas duas, mas não poderia esquecer que a cura seria o remédio.

Bom, como não é nenhuma novidade, Bolsonaro decidiu voltar a falar sobre a hidroxicloroquina para ser utilizada nos tratamentos contra a covid-19.  Mesmo sem ter comprovação, o presidente voltou a falar sobre a eficácia desse remédio contra a doença.

Ele comenta que é testemunha da eficácia da medicação. Logo ele conta que quando estava com o coronavírus, ele havia usado a hidroxicloroquina em seu tratamento e ainda contou que outras pessoas estavam tomando ivermectina e outras pessoas se medicaram com Annita e que esses métodos de tratamentos haviam dado certos.  Logo ele fala que por conta dos resultados dos métodos citados anteriormente, uma pessoa que está contaminada com esse vírus tem essas três opções para ser curadas.