Policia acredita que menino de 10 anos, morreu tentando defender a mãe, antes dela ser morta pelo marido na frente de bebe de 2 anos

Vivenciamos um mundo a onde a violência ainda continua ocorrendo com muita frequência nos lares brasileiros, vemos nos noticiários na televisão, muitos casos parecidos, homem sendo assassinado pela esposa, mulher assassinado pelo esposa e por ai vai, no entanto um fato chocou os internautas brasileiros espalhados por todo o pais ao mesmo tempo que veio o choque após essa ser noticiada, veio o sentimento de tristeza com esse caso.

É um tipo de caso que não vemos acontecer todos os dias, o fato ocorreu no estado do Paraná, em Piraquara, Região Metropolitana de Curitiba. a cantora gospel Ivanilda de Magalhães de Castro e o filho de apenas 10 anos, foram assassinados a facadas dentro de casa, o marido da cantora e padrasto do garoto é o padrasto é o principal suspeito, o fato ocorreu na madrugada desta quarta-feira (01).

+  Brasil em oração! Leonardo é vítima de triste acidente durante explosão de um botijão gás e deixa todos preocupados

A policia também acredita que o garotinho de 10 anos, que se chamava Rena, teria sido assassinado ao tentar defender a sua mãe de seu padrasto e isso teria ocasionado a sua morte, e que infelimente é mais um caso de criança que morre de forma tão precoce. 


De acordo com as informações apuradas o acusado de ter cometido o crime tão brutal é identificado como Elizeu de Castro da Silva, de acordo com as investigações da policia local, Elizeu era dependente químico, e que ele teria surtos psicóticos, após o acusado cometer o crime, teria fugido do local do crime.. De acordo com á família das vitimas, não havia nada de anormal, pelo contrário, eles aparentavam ser um casal feliz e normal, e sempre demonstravam estar felizes.

+  Jovem é morta, após ser esfaqueada por amiga, que queria testar se era psicopata

A policia tem trabalhado com a hipótese, de que houve desentendimento, e que devido haver uma dependência química, juntamente com o surto psicótico, isso teria ocasionado a tragédia.

Segundo as informações apuradas, o suspeito ainda se encontra foragido e que ainda ele não foi localizado, mais testemunhas e pessoas da família prestarão depoimento, para ajudar nas investigações.



PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.