Polícia realiza buscas em fazenda onde homens afirmam terem visto novo serial killer

As buscas pelo assassino que recebeu o apelido de novo Lázaro Barbosa estão indo para o quinto dia e até agora nada de Wanderson ser encontrado. Agora mais informações foram reveladas sobre o bandido que tirou a vida de 3 pessoas de forma cruel, segundo informações três funcionários de uma estufa de pimentões e tomates afirmam ter visto o caseiro.

Os funcionários contaram ainda que bateram um papo com Wanderson Mota Protácio na fazenda em que trabalham em Gameleira de Goiás. Depois que a denúncia foi feita, a polícia foi até a região para procurar o criminoso, no entanto ele não foi encontrado.

+  Família desenterra corpo de criança, logo após pastor revelar que jovem estaria viva; O que os familiares encontram deixou todos espantados

De acordo com a fala dos trabalhadores, Wanderson Mota tentou entrar na fazenda onde eles trabalham, por meio de um furo na cerca, mas assim que viu os rapazes ele recuou. “Ele perguntou se a gente morava em Goianápolis e disse que era de lá. Ele estava com uma camiseta polo, boné, botina, uma corrente grossa de prata e o celular na mão”,pontuou um dos rapazes.

+  Lembra da mãe e do filho que eram apaixonados? Eles brigaram na justiça para viver o romance e você não vai acreditar o que aconteceu com eles

Eles deram a descrição do homem e ainda revelaram que ele pediu emprego no local. Segundo eles, eles notaram que se tratava de Wanderson e enquanto eles conversavam com o bandido, um deles foi até a residência para entrar em contato com a polícia.

“Não deu pra perceber se ele estava armado, mas tinha uma coisa no bolso dele. Ele falou que morava em uma chácara aqui perto. Mas essa chácara está abandonada. Falamos para ele que tinha muito trabalho na fazenda, mas ele vazou”, ressaltou uma das testemunhas. Que logo completou falando que era para o rapaz esperar.

+  Ator Luciano Szafir revela medo de morrer após testar positivo para a Covid-19 pela 3ª vez e preocupa internautas

No entanto, de acordo com eles, o suposto Wanderson Mota Protácio teria notado que eles estavam apreensivos e logo foi embora. “Falei para ele: “Espera aí, aqui tem muito trabalho”. Só que ele falou que tinha que ir embora, que ia voltar depois com a mulher dele.”

As testemunhas alegaram que o homem entrou no meio do mato e sumiu na plantação de soja da região.
 



PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.