nossas redes sociais

Notícia

Rapaz é picado nas partes íntimas por cobra depois de sentar em vaso sanitário

A vida é cheia de surpresa, às vezes acontece algo surpreendente de uma maneira muito boa nas nossas vidas e tem outras vezes, que passamos por um grande sufoco que é complicado até mesmo de se explicar é um acontecimento desse ocorreu com um estudante que sofreu enormes problemas ao ir ao banheiro.

Uma cobra acabou picando a parte íntimas de um garoto, depois que ele se sentou no vaso sanitário da casa dele, que fica na Tailândia.

O nome do estudante é Siraphop Masukarat e ele tem apenas 18 anos, depois que ocorreu esse incidente doméstico, o jovem precisou ser levado para um hospital. Segundo as informações que foram fornecidas pelo jornal estrangeiro DailyMail.

Segundo as informações dadas pelo próprio jovem, ele conta que tinha sentido uma dor no órgão genital, depois que se sentou no vaso.

Ele conta que após essa dor, ele se ajeitou no valo e olhou para baixo, nisso ele conseguiu enxergar a píton com as suas mandíbulas presas na ponta do órgão genital, desesperado, o jovem começou a gritar.

A mãe do rapaz, precisou ficar tentando o acalmar, até o momento em que uma ambulância chegasse para fazer o socorro.

O jovem precisou ter que levar 3 pontos na região íntima, local em que a cobra picou. Ele também recebeu todos os tratamentos, com o uso de antibióticos.

Ele conta que a cobra que picou ele, era uma cobra pequena, entretanto o tamanho dela não era comparado com sua força, pois ele revela que a picada de cobra doeu bastante.

Ele concluiu dizendo que ele espera que suas partes íntimas consiga se recuperar.

Ele conta que a cobra tinha mais ou menos, 1,20m de comprimento e que ela já foi capturada.

Parece que esse mundo é uma verdadeira caixinha de surpresa, que esse jovem consiga se recuperar logo.

Bom, não se esqueça de comentar sobre esse caso e o que você iria fazer se isso acontecesse contigo, siga nosso portal e fique por dentro de todas as novidades do Brasil.

clique para comentar

ESCREVA SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *