Veja quem são os dois suspeitos de esfaquear Gabriel Luiz, detalhes do crime são expostos e impressionam: ‘’covardia’’

Quase um dia depois da tentativa de latrocínio contra o jornalista e repórter Gabriel Luiz, a Polícia Civil do Distrito Federal localizou e apreendeu os dois acusados do crime.

Um deles, é menor de idade, foi apreendido no Sudoeste, e José Felipe Leite Tunholi, 19 anos, foi preso no Cruzeiro Velho. 

Editor do DFTV, Gabriel Luiz, foi brutalmente atacado por por dois indivíduos no fim da noite da última quinta-feira, quando ele estava próximo a sua casa. Ao todo os médicos contabilizaram 10 facadas, desferidas no pescoço, abdômen e na perna esquerda. 


O adolescente de 17 anos, foi capturado pela polícia no fim da tarde de ontem, por volta das 17h30, ele foi levado para à Delegacia da Criança e Adolescente (DCA 1) da Asa Norte. 

Já o outro suspeito, de 19, foi detido mais tarde, por volta das 19h30, quando chegou à 3ª DP (Cruzeiro Velho) acompanhado por policiais para prestar depoimento.

O delegado-chefe adjunto da unidade, Douglas Fernandes, contou detalhes do crime em entrevista coletiva ele afirmou que foi tentativa de latrocínio.

Ele Ainda disse que os criminosos usaram Rohypnol, medicamento para tratar distúrbios do sono, e depois resolveram "sair para roubar". 

Já o delegado plantonista, Petter Fischer, revelou que Gabriel saiu para fazer um lanche e, ao retornar para casa, foi seguido pelos criminosos. 

Fischer, narrou que o menor idade foi responsável por desferir um golpe mata-leão na vítima, logo após o outro ajudante passou a esfaqueá-la durante luta. "Enquanto um estava dando as facadas, o outro conseguiu subtrair a carteira e o celular", disse. 

De acordo com o delegado, os suspeitos afirmaram que não conheciam Gabriel. "Foi uma vítima em potencial, escolhida enquanto criminosos estavam andando", afirmou o delegado.

Tunholi, contou para o delegado, que  ele jogou o celular na rua com medo de que o aparelho fosse rastreado. "A carteira foi localizada com os documentos, alguns cartões, e R$ 20, mas ele confessou que subtraiu a quantia de R$ 200", disse Fernandes.

A TV Globo postou uma nota ao público lamentando o ocorrido: 

"A Globo lamenta profundamente o ocorrido, presta irrestrita solidariedade ao Gabriel Luiz e à sua família, a quem dará toda ajuda necessária para que ele se recupere plenamente. A Globo agradece a pronta atuação da polícia que levou à prisão dos dois suspeitos. O jornalismo da Globo continuará acompanhando os desdobramentos do crime na Justiça."



PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.