Vídeo: Mulher grávida tenta pular da janela do apartamento ao ser espancada pelo próprio marido; tente não chorar

Durante os últimos dias, uma gravação acabou gerando ume enorme repercussão nas redes sociais, com milhares de internautas ficando chocados devido a covardia do ato. Tudo aconteceu na cidade de Duque de Caxias, localizada na Baixa Fluminense, RJ.

UM vizinho flagrou uma mulher, identificada pelo nome de Maria José, gestante, sendo agredida pelo próprio marido no momento que tentava pular da janela do segundo andar, na residência que reside.

Após perceber que estava sendo gravado pelos vizinhos, Vitor Batista, de 32 anos de idade, decidiu fechar a janela para que as pessoas não vissem o que estava acontecendo dentro da casa.

+  Luto: Mulher tem morte súbita enquanto amamentava e filha morre engasgada com leite

Após, os vizinhos decidiram acionar as autoridades policiais, que prenderam Vitor. Na delegacia, Maria José informou que estava grávida de 3 meses, afirmando que as agressões físicas são frequentes, assim como no filho mais velho que o casal possui.

A vítima afirmou que havia tentado pedir ajuda aos vizinhos através de um bilhete. Contudo, como seu marido havia visto o pedido de socorro, começou as agressões a ela e seu filho. Com o intuito de salvar sua vida e a de bebê que está esperando, Maria José tomou a decisão de tentar pular a janela.

+  Jovem é morta, após ser esfaqueada por amiga, que queria testar se era psicopata

Ao chegar na delegacia, a grávida ainda detalhou mais a fundo as agressões sofridas:

 “Ele tinha ciúme e era muito possessivo, não me deixava ir para rua, só para o trabalho. Inclusive perdi meu emprego. No que ele me agredia, eu ficava marcada e não podia trabalhar. Eu inventava desculpas, porque eu ficava dentro de casa” desabafou. 

+  Menina de 12 anos tira a própria vida de forma trágica e detalhes assustam a todos

“Ela disse que já vinha sofrendo agressões durante a semana, mas que ontem ele teria agredido o filho dela e começou uma discussão. Hoje essa discussão continuou e o autor agrediu ela novamente. Ela tentou se jogar da novamente da janela para fugir dessas agressões” informou a delegada Fernanda Fernandes, responsável pelo caso que vem gerando revolta nas redes sociais.



PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.