O poder dos aromas no combate à ansiedade, estresse e depressão

O olfato é um dos cinco sentidos que o corpo humano possui, o homem inalou os aromas das plantas desde os tempos antigos, mas poucos sabem que os aromas que nos rodeiam podem ser fonte de cura para algumas doenças.

Um estudo científico publicado no Journal of Agricultural and Food Chemistry mostra que o cheiro de limão, laranja, manjericão, manga, lavanda, canela e outras fragrâncias de origem vegetal modificam a atividade dos genes e da química do sangue de forma a reduzir níveis de estresse, reduzir a ansiedade, combater a inflamação e a depressão e induzir o sono.

Extrair os aromas de flores e plantas restaura os altos níveis de neutrófilos e linfócitos que trazem o estresse para perto dos valores normais.


A pesquisa também revela que os cheiros da natureza reduzem a atividade de mais de 100 genes ligados à ansiedade e ao nervosismo.

As células olfativas são conectadas por extensões nervosas ao nosso cérebro. O cheiro é o que nos expõe continuamente a todos os tipos de fragrâncias ambientais e permite que nosso cérebro seja afetado por diferentes aromas.

Existem alguns cheiros que ajudam a liberar substâncias químicas no cérebro que promovem o estado “alfa”. Esse nível relaxado de ondas cerebrais bloqueia a overdose de adrenalina, a principal causa do nervosismo.

Apresentamos os benefícios de alguns aromas:

  • O aroma do café é um dos aromas que estimula a produção de antioxidantes que enfraquecem os estados de ansiedade.
  • A essência de baunilha oferece um relaxamento muito benéfico que naturalmente o convida a desfrutar de um sono saudável e restaurador.
  • O sapinho estimula o aparecimento de ondas alfa para nos libertar da irritabilidade e da ansiedade.
  • Jasmim, Loureiro, Sândalo, Lavanda e Rosa, reconhecidas pelas suas propriedades relaxantes, podem proporcionar-nos um estado de saúde com a sua agradável fragrância. É uma forma mais simples e natural de mitigar os processos de estresse e ansiedade.
  • Os aromas de mel e cipreste melhoram a concentração e aliviam a tensão otimizando a percepção dos sentidos.


PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.