Após tapa em Chris Rock, Will Smith pode receber a pior punição de todas e detalhes revoltam

A repercussão do tapa que Will Smith deu no ator e comediante Chris Rock durante o Oscar está se tornando cada vez maior e maior, ele que foi detonado por dezenas de famosos depois que protegeu a honra de sua mulher ao vivo, pode vir a sofrer uma grande perda. Vale lembrar que ao mesmo tempo em que foi criticado ele recebeu o apoio de outros atores aclamados pela mídia.

O caso que aconteceu no último domingo, ao que parece, está longe de acabar. A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, responsável pela premiação, deu iniciou a processos disciplinares contra o veterano. Ele que ganhou o prêmio na categoria de Melhor Ator por King Richard – Criando Campeãs, vai ser punido de alguma forma.

Segundo informações, Will está prestes a ser expulso da academia. A organização alega que após agressão na cerimônia, Will chegou a ser convidado a se retirar do local e  o mesmo se negou e isso pode trazer sérias complicações para ele.


“O conselho de governadores iniciou hoje um processo disciplinar contra Smith por violações dos padrões de conduta da Academia, que incluem contato físico inadequado, comportamento abusivo ou ameaçador e comprometimento da integridade da Academia”, destacou em nota oficial o site The Hollywood Reporter.

De acordo com o órgão, Will Smith foi avisado sobre as eventuais consequências de sua atitude e poderá se defender por escrito. “Na próxima reunião do conselho, prevista para 18 de abril, a Academia poderá tomar qualquer medida disciplinar, que pode incluir suspensão, expulsão ou outras sanções permitidas pelos estatutos e padrões de conduta”, ressaltou a academia.

O caso que virou um dos mais comentados no Twitter, chegou a virar meme nas mãos dos usuários, porém muitos ficaram ao lado do veterano e apontam a piada feita pelo apresentador como de mau gosto.

“As coisas se desenrolaram de uma maneira que não poderíamos prever. Will Smith foi convidado a deixar a cerimônia e recusou. Também reconhecemos que poderíamos ter lidado com a situação de maneira diferente”, concluiu o comunicado.



PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.