Bebê de três braços, duas cabeças e dois corações choca o mundo

Um caso inusitado chocou milhões de pessoas ao redor do mundo e fez a história de uma jovem mãe ficar famosa, uma mulher indiana deu à luz gêmeos siameses nunca vistos antes, os bebês nasceram com duas cabeças, três braços e dois corações. As crianças vieram ao mundo na última segunda-feira no estado de Madhya Pradesh.

Segundo informações, Shaheen Khan e o marido, Sohail, esperavam por gêmeos, entretanto eles nunca puderam imaginar que eles seriam siameses, ou seja, o bebês nasceram compartilhando o mesmo corpo. O caso inusitado e distinto chamou a atenção de curiosos e médicos do mundo todo.

Foi revelado ainda que os pequenos têm corações independentes, o que mostra que de fato são duas vidas que Shaheen Khan gerou em seu ventre. A imagem dos pequenos circulou o mundo todo e rendeu o que falar, além de ter espantado muita gente. O fato deles terem 3 braços assustou muita gente, pois a terceira mão ficou localizada na parte de trás do corpo, entre as duas faces.


A condição rara, na qual gêmeos dividem o mesmo torso, é conhecida como parapagus diencefálico e acomete apenas 11% dos casos de gêmeos siameses em todo o planeta, segundo um estudo efetuado pelo jornal local e pelo Journal of Pediatric Surgery. Até mesmo os médicos ficaram espantados quando viram os nenéns na condição raríssima.

Os gêmeos foram transferidos para o Maharaja Yashwantrao Hospital, em Indore, uma cidade vizinha com melhores condições de atendimento. Os pequenos continuam no hospital e estão sob cuidados intensivos, os dois tiveram que ser levados para a UTI, pois a condição clínica deles é complicada.

“Esses tipos de casos são raros e a condição dos bebês permanece incerta, especialmente nos primeiros dias. Por isso, nós os mantemos sob observação. Não planejamos nenhuma cirurgia no paciente”, disse o médico Lahoti.

Vale lembrar que em 2019, um outro caso de siameses também foi registrado na Índia.



PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.