Datena entra ao vivo com notícia sobre Rodrigo Mussi e choca: “Entre a vida e a morte”

O apresentador Datena, surpreendeu a todos ao falar sobre o acidente do gerente comercial Rodrigo Mussi em seu programa na Band. O veterano chegou a  dar mais detalhes a respeito da situação do famoso que segue internado em estado grave em um hospital em São Paulo, no entanto, ele já começou a apresentar sinais de melhoras.
 
Ao vivo, o jornalista, aproveitou para falar sobre uma outra polêmica envolvendo a família do ex-bbb, Datena fala sobre uma tentativa de golpe sofrida pelo irmão do brother. Diogo chegou a usar seu perfil para expor toda situação e provocou revolta entre os internautas.

Segundo informações, um homem teria se passado por médico de Rodrigo e pediu cerca de 7 mil reais para compra de remédios que não tinham no hospital. “Estão passando mensagens para o irmão dele, tentando tomar dinheiro do menino que estávamos entre a vida e a morte, lutando para viver. Coitado do rapaz. Nunca vi o Big Brother, mas tenho muito respeito pelo Boninho. Respeito maior eu tenho pela vida humana, espero que o rapaz esteja bem”, declarou Datena.

Diogo Mussi, chegou a expor a realidade em suas redes sociais e chocou milhares de pessoas que seguem rezando por Rodrigo. Vale lembrar que o famoso teve que ser operado por conta de um traumatismo craniano que sofreu na hora do acidente.


“Por meio desta nota, viemos informar que nosso assessor, Rodrigo Mussi, foi vítima de acidente automobilístico. Em breve divulgaremos mais informações sobre o estado de saúde dele. Desde já, pedimos a todos orações e boas vibrações para que ele tenha uma excelente recuperação”, ressaltou a equipe do artista em nota.

Datena comentou ainda que o brother segue lutando pela vida e que todo o detalhe pode fazer a diferença, mesmo apresentando melhores, ele está internado e segue em observação. Os fãs de Rodrigo continuam mandando boas energias para o ex-brother polêmico.



PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.