Falso delegado da PF intimida clientes em bar e o pior acontece: “Ele sacou a arma”

Um caso revoltante gerou o que falar e assustou os moradores do DF, bêbado, um homem que se apresentava como delegado da Polícia Federal acabou surpreendendo todos em um bar, ele teria ameaçado clientes de um bar com uma arma de fogo e desacatou os policiais militares que estavam no local.

Por conta disso o homem acabou sendo detido, segundo informações a confusão teria ocorrido em um dos bares situados no Mercado Mané, na Asa Norte. O advogado Felipe Lopes Franca acabou sendo levado detido pois além de porte ileal de arma ele também desacatou os policiais e ameaçou as pessoas que estavam no local.

Foi uma cliente que estava no local, que notou que o advogado estava embriagado e a todo instante sacava a arma e fazia questão de deixar a pistola nove milímetros à mostra na cintura. Na mesma hora a Polícia Militar foi acionada e uma equipe se dirigiu até o local, chegando lá eles averiguaram que o homem estava fora de si.


Felipe não respondeu se estava armado ou não na hora que foi indagado pelos PMs. Na hora que os oficiais notaram que o homem estava de fato armado, eles pediram para ele se render e mandaram ele se levantar sem fazer movimentos distintos. "Policial de merda”, teria gritado Felipe na hora que ouviu a ordem do oficial.

Mesmo apresentando o registro da arma de fogo, Felipe não tinha o porte da arma, por conta disso, ele acabou recebendo voz de prisão. Foi neste momento que o homem perdeu o controle sobre si e passou a ofender os policiais e os usuários do bar.

Felipe usou palavras como “policiais de merda”, “incompetentes” e que eles só estavam o prendendo a fim de “folgar” em razão da arma. Bêbado, Felipe declarou que iria atrasar a vida dos 2 policiais que estavam levando ele preso, ele ainda tentou forçar a barra com o oficial e não quis ser algemado.

O agressor foi autuado, em flagrante, pelo desacato e porte ilegal de arma de fogo.



PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.