Famoso ator morre aos 82 anos vítima da Covid-19 e internautas se entristecem: “Vá em paz”

Nesta quinta-feira (19), o astro japonês de filmes de artes marciais, Sonny Chiba, conhecido em todo o mundo por “Kill Bill – Volume 1”, faleceu devido às complicações ocasionadas pelo novo coronavírus, aos 82 anos de idade.

O ator, cujo nome verdadeiro é Sadaho Maeda, nasceu no Japão, no ano de 1939. Por lá, o astro decidiu adotar o nome artístico de Shinichi Chiba, atuando em grandes filmes, como “Bodigaado Kika”, de 1973, seu primeiro no gênero de artes marciais.

O famoso começou a ficar conhecido entre os telespectadores americanos graças a sua versão dublada de “Gekitotsu! Sarsujin Ken”, dfe 1974. Sadaho Maeda também foi o fundador da distribuidora americana New Line Cinema, Robert Share, onde pôde completar seu nome artístico com “Sonny”, que dura até os dias atuais.

+  CONFIRMADO: Acaba de chegar triste notícia sobre o presidente Jair Bolsonaro

Possuindo centenas de créditos no mundo televisivo e nas telinhas, Chiva foi homenageado por ninguém menos que Quentin Tarantino em “Kill Bill: Volume 1” (2003). No filme em questão, o astro foi escalado para realizar a interpretação do artesão de espadas Hattori Hanzo, realizando uma referência a seu personagem na série “Kage no Gundan”.

+  Theo Becker quebra a web após dizer que tentou se gay, mas não conseguiu

Chiba sempre se mostrou uma pessoa apaixonada por artes marciais, possuindo faixas pretas em kempo, judô, kendo, ninjútsu e karatê.

Ele era mais gentil do que seus papéis no cinema

Chiva foi contemplado com uma carreira avassaladora no cinema e na televisão, com mais de 200 créditos no IMDb. Os telespectadores ocidentais o viram em “The Fast and The Furious: Tokyo Drift”, (2006), onde foi responsável pela interpretação de um chefe implacável da máfia Yakuza. Contudo, a maioria dos filmes e séries realizados pelo astro ao longo de sua carreira eram lançamentos japoneses.

+  Liziane dá cantada em Bill Araújo e choca confinados com pedido inusitado; "Tira"

A humildade do famoso ficou ainda mais evidente durante uma entrevista concedida wm 2015, com Keanu Reeves. A estrela de “Matrix” e “John Wick” informaram a um meio de comunicação japonês que Chiba havia se tornado um dos maiores atores do cinema de artes marciais. Chiba surpreendeu Reeves durante a entrevista, elogiando “John Wick”, visivelmente encantando Reeves.

"Caráter e ação… Você reuniu", disparou Reeves. "Sempre houve coração nos [personagens de Chiba]."



PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.