Lázaro volta do mundo dos mortos e faz revelação chocante em carta psicografada: “Ainda não acabou”

Um dos casos mais impactantes de todo o país, voltou a ter grande repercussão nas redes sociais essa semana, tudo por conta de um vidente. Lázaro foi um dos nomes mais falados durante um tempo no país no último ano, o criminoso que colocou medo na região da mata levou medo e terror  à população com seus crimes.

Agora um vidente afirmou ter encontrado Lázaro em um ambiente espiritual e que o mesmo lhe psicografou uma carta para ser exposta para todo o Brasil. De acordo com Valter Arauto, Lázaro afirma que não está no inferno e nem no paraíso e sim no lugar que pessoas que optaram pelo mal caminho se encontram.

A revelação caiu como uma bomba entre os internautas, tendo em vista que o criminoso foi morto enquanto ninguém conseguia confirmar se ele tinha ou não pacto com forças malignas, conforme foi revelado nas investigações.


“Não vou falar o que já é do conhecimento de todos e sim o que permanece oculto para muitos em relação ao espiritual. No sub céu que me encontro é grande o lamento e a dor e muitos que optaram pelo caminho dos erros estão aqui. Digo que não é inferno e nem paraíso pois estes locais só se estabelecerão na essência da cada um após o grande julgamento”, destacou o sensitivo que teve o post viralizado.

Valter Arauto falou ainda que o bandido, falou sobre perdão em seu texto e que entende tudo o que fez de mal. “Não me cabe pedir perdão pelos meus atos e sim simplesmente aguardar as aberturas do tribunal final onde se baterá o martelo pra cada vida que passou pela essência e pela terra. Sou falto de sabedoria e conhecimento e daqui só passo o que me foi passado pelos", enfatizou Lázaro em carta.

Lázaro citou sua família e revelou que não iria comentar nomes nem nada do tipo, pois ele sabe de toda dor que causou para todos. "Cabe somente a mim as dores e os lamentos e já saber pelos meus atos o meu destino último”.



PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.