Luísa Sonza desabafa e rebate críticas após namoro com Vitão

Após sofrer várias críticas na internet, a cantora Luísa Sonza resolveu falar sobre o assunto. Ela publicou em seu stories das redes sociais que não iria falar o que pensa sobre as críticas que tem recebido. A cantora disse que começou a ignorar porque não valeria à pena ficar discutindo.

Luísa Sonza pontuou que pensou muito se iria ou não rebater as críticas contra ela. Ela resolveu que não rebateria porque se fosse começar, também não saberia por onde. A cantora só disse que desde quando começou no mundo da internet sempre foi alvo de críticas. Desta vez ela está sendo acusada de ter traído o ex-marido Whindersson Nunes com Vitão.

Luísa Sonza rebate críticas

Luísa Sonza ressaltou que já fez tudo na internet e sofreu várias mudanças, mas que ninguém nunca se importou em falar sobre isso. Ela alega que as críticas nunca foram por coisas que ela realmente fez, portanto não adiantaria ficar tentando se justificar, porque as pessoas só veem o que elas querem.  Luísa pontuou que ao longo do tempo ela está sempre dando satisfação para alguém na internet, e que esta situação não é legal.


A cantora disse também que quando percebeu que as pessoas que lhe criticam não estavam interessadas no que ela realmente é, parou de se importar com a opinião delas e decidiu ser quem ela realmente é. 

Cantora diz que parou de se importar com as críticas

Luísa Sonza disse que passou anos tentando mostrar às pessoas que ela é uma pessoa legal e gosta de fazer as coisas do jeito certo, mas viu que o esforço era em vão porque ninguém se importava. Portanto, ela decidiu seguir sua vida sem olhar para o que outros pensam a seu respeito porque sabia qual era a sua realidade.

O namoro entre Luísa Sonza e Vitão vem sendo atacado porque alguns seguidores acreditam que ela tenha traído seu ex-marido Whinderson Nunes com ele. Desde que assumiram o namoro nas redes sociais as críticas começaram.



PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.