Luto: Brasil acabar de perder uma das cantoras mais amadas do pais: “Infelizmente, ela se foi”

Nesta última terça-feira (17), faleceu a mestra da ciranda, Dona Lia do Coco, aos 73 anos de idade. Até o momento desta publicação, ainda não foi revelado se o motivo do óbito foi por Covid-19. A notícia foi confirmada através das redes sociais, em um dos perfis da cantora e em outro perfil da câmara municipal do município, que publicou a seguinte frase da famosa: “Quando eu morrer, minha voz fica no ar. Quando se lembrar de mim, bote o CD para tocar”.

Lia do Coco nasceu na cidade de Goiana, localizada em Pernambuco, sendo reconhecida por todo o país após cantar inúmeras cantigas populares. Através das redes sociais, a Secretaria Estadual publicou uma nota lamentando a perda da artista.

+  CONFIRMADO: Acaba de chegar triste notícia sobre o presidente Jair Bolsonaro

“A Secretaria Estadual de Cultura (Secult-PE) e a Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe) lamentam o falecimento da mestra de coco de roda, ciranda e cavalo marinho Lia do Coco, de Igarassu, que tinha 73 anos. Sua partida foi registrada na manhã desta terça-feira (17).”


“Com mais de 60 anos dedicados à atividades ligadas à cultura popular, Lia do Coco representou como poucas as manifestações tradicionais do Estado, influenciada pela cantoria presente no litoral pernambucano”, disse o comunicado.

+  Liziane dá cantada em Bill Araújo e choca confinados com pedido inusitado; "Tira"

A Câmara Municipal de Igarassu também prestou as condolências acerca do falecimento através das redes sociais.

“É com imensa tristeza que nos despedimos de Dona Lia do Coco, uma das grandes mestras da cultura popular de Pernambuco. Nascida em Goiana, Dona Lia era uma filha de Igarassu de coração. Em entrevistas, declarou seu amor: “Me sinto muito feliz dentro de Igarassu, foi o lugar que eu queria morar, era aqui e aqui estou”.

+  Whindersson Nunes abre o jogo sobre encontro com Luísa Sonza, e cantora aparece beijando uma mulher: "Bissexual"

Cantando ciranda e coco de roda, Dona Lia embalou muitas festas na nossa cidade e trouxe alegria pra o nosso povo. Nesse momento de tristeza, saudamos todos os familiares e amigos dessa grande artista e que possamos sempre nos lembrar dela com toda a alegria que ela nos trouxe.”



PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.