Luto: Morre, aos 26 anos, no auge da carreira, após grave acidente de carro; foi levado às pressas e acabou não resistindo: “Descanse em paz”

Faleceu, aos 26 anos de idade, o modelo Cesar Eduardo Padilha, em um acidente envolvendo um veículo automotor e uma carreta que estava carregando milho. A tragédia aconteceu em Campo Grande, no bairro Chácara dos Poderes. De acordo com as informações concedidas pelos amigos e familiares do rapaz, ele teria jogado o automóvel na frente do outro veículo que, naquele momento, estava seguindo em pista contrária.

O acidente ocorreu por voltas das 5h, no cruzamento da BR-163 com a rua Alexandre Herculano, nas proximidades da Uniderp Agrárias, conforme informado através do boletim de ocorrências que foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac/Centro).

+  César Tralli entra ao vivo e transmite triste notícia; "Acaba de morrer"

Ainda de acordo com as informações do boletim de ocorrência, foi constado que um amigo do modelo, chamado Gabriel Bonfim, havia relatado que ele havia publicado uma foto da estrada com uma legenda curta, “com dizeres muito tristes”. O amigo em questão havia encontrado o rapaz com o intuito de conversar e tentar evitar que Cesar não realizasse nenhum “ato impensado”.

+  Chega triste notícia sobre a atriz Larissa Manoela aos 20 anos; “Descanse em Paz”

Os pais do modelo ainda informaram que já possuíam conhecimento da depressão que o filho sofria. Eles haviam passado a noite anterior juntos, assistindo uma partida de futebol. A família ainda informou, para a Polícia Civil, que uma consulta psicológica já havia sido agendada para a semana do ocorrido.

Ainda segundo as informações que constam no boletim, o rapaz jogou um veículo Sandero na frente da carreta. Com o impacto da colisão, o automóvel ficou totalmente destruído, com a carroceria da carreta tombando. A carga de milho que estava sendo transportada, por sua vez, se espalhou pela rodovia.

+  Luto! Famoso ator da rede Globo, morre aos 60 anos de idade e fãs ficam se acreditar; "Ele se foi"

No local do acidente, ainda era possível ver muitos destroços e a carga de milho que havia se envolvido na colisão. O total de cinco aviatures da CCR MsVia ficaram responsáveis pela via, realizando a limpeza dos arredores e mantendo o trânsito no sistema denominado “pare e siga”.   



PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.