Luto: Morre renomado apresentador, famoso foi encontrado morto com marcas de tiros e e detalhes assustam; “Descanse em paz”

Uma notícia chocante marcou os internautas do mundo todo, um famoso apresentador foi brutalmente assassinado enquanto dirigia seu carro. O famoso tentou escapar de seu caminho usual para ajudar uma certa pessoa, segundo seu filho, no entanto ele acabou sendo vítima de ataque cruel e morreu de forma trágica.

Jacinto Romero Flores, de 60 anos de idade, vale ressaltar, já havia recebido diversas mensagens de morte, porém ele acabava desconsiderando os avisos. Segundo informações o veterano era jornalista e cobria diversos furos que envolviam pessoas com um certo poder em sua região.

+  Liziane dá cantada em Bill Araújo e choca confinados com pedido inusitado; "Tira"

De acordo com o jornal local, Jacinto Romero Flores recebeu ameaças até mesmo pelo WhatsApp, depois que chegou a denunciar os abusos de poder realizados pela polícia em Texhuacán, sul de Veracruz, com conflitos envolvendo funcionários municipais e familiares. Um fato muito importante levantado pelo jornalista é sobre a quantidade de jornalistas mortos no México.


Segundo Jacinto Romero Flores, desde o ano 2000 cerca de 141 jornalistas foram mortos por causa do trabalho jornalístico no país. O trabalho do apresentador acabou ganhando ainda mais destaque com sua morte, e agora uma investigação será feita para que os culpados possam ser encontrados e julgados.

+  Theo Becker quebra a web após dizer que tentou se gay, mas não conseguiu

https://www.theeducationisthub.com/wp-content/uploads/2021/08/Who-is-Jacinto-Romero-Flores-of-Orizaba-Veracruz.png

A família do apresentador está em busca de justiça, já que Jacinto Romero Flores foi vítima de uma emboscada bem planejada e cruel. “O assassinato de Jacinto Romero, assim como as ameaças por ele recebidas anteriormente, evidenciam o contexto de vulnerabilidade e risco em que muitos jornalistas mexicanos são obrigados a realizar seu trabalho. Relatar, dar opiniões ou criticar deve ser um trabalho normal em uma democracia e não uma atividade de risco. Quando aqueles que usam microfones enfrentam as balas, a sociedade perde Jesus Peña, representante adjunto no México do Alto Comissariado”, declarou a ONU para os Direitos Humanos.

+  CONFIRMADO: Acaba de chegar triste notícia sobre o presidente Jair Bolsonaro

A morte do veterano foi sentida por milhares de pessoas ao redor do país



PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.