Morte de Parrerito abala o mundo sertanejo, e famosos se despedem

A morte do cantor sertanejo Eduardo Borges, o Parrerito, que fazia parte da banda Trio Parada Dura, deixou muitas pessoas comovidas. Famosos que conheciam o cantor usou a redes sociais para da o último adeus a cantor.

Parrerito contraiu a Covid-19 no final do mês de agosto e foi internado em hospital em Belo Horizonte. Além do coronavírus, ele também tinha diabete, o que fez com a sua saúde piorasse e o levou a morte.

Xonadão, integrante do Trio Parada Dura

Seu colega de trabalho e amizade de muitos, Xonadão disse que estava arrasado neste momento. Agradeceu aos fãs do cantor que sempre o acompanharam e deixou um adeus a Parrerito, desejando que ele fosse em paz.

Daniel


O sertanejo lamentou dizendo que seria mais uma pessoa que ele tinha como referencia que o deixava, pois a banda “Trio Para Dura” sempre lhe serviu como inspirações. Ele continuou dizendo que Parrerito iria fazer falta para todos que o conhecia. Deixou uma palavra de consolo para a família e a todos que faziam parte da vida do cantor.

Michel Teló

Teló desejou que Parrerito tivesse um bom descanso e agradeceu pelo legado que estava deixando no mundo sertanejo. Ele falou que muitos iriam sentir saudades do cantor. Teló também falou que se sentiu honrado em homenagear o Trio Parada Dura e nunca iria se esquecer disso.

Zé Neto, cantor sertanejo, dupla de Cristiano

Neto disse que estava profundamente triste com a notícia. Lamentou dizendo que o cantor foi morar no céu. Ele também falou que infelizmente Parrerito foi mais uma vítima da Covid-19. Deixou palavras de conforto a família.

César Menotti, dupla de Fabiano

Menotti disse que foi uma honra ter convivido com o cantor e que todos estavam tendo uma perca muito grande. Desejou força para a família nesse momento e também para os integrantes da banda, os quais passaram uma vida com cantor. Finalizou dizendo sempre sentirá saudades do cantor.



PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.