Pastor leva cascavel para culto, é picado pelo animal, afirma que Deus irá salvá-lo e algo inesperado acontece

Um vídeo divulgado no YouTube, gerou revolta entre milhares de fiéis ao redor do mundo todo, um pastor chegou a realizar um ato que acabou não tendo uma boa repercussão entre seus seguidores. É bem verdade que algumas igrejas cristãs nos Estados Unidos, usam cobras em seus cultos, no entanto, esse pastor acabou passando do ponto ao usar uma cascavel.

As imagens chocantes se tornaram virais rapidamente e foram gravadas na Igreja Full Gospel Tabernacle In Jesus’ Name, na cidade de Middlesboro, Kentucky, Estados Unidos. Tudo aconteceu quando um homem levou uma cobra para o culto e se deixou picar, na intenção de provar que Jesus iria intervir pela sua vida.

Cody Coots, de 27 anos, surge com uma cobra na mão enquanto conversa com as pessoas, no entanto ele é surpreendido pelo animal que segura e leva uma picada na orelha. Mesmo assim ele choca a todos e segue pregando para os seus seguidores.


O rapaz que é filho de um ex-pastor conhecido como Jamie Coots, que veio ao óbito por ter sido picado por uma serpente, choca ao fazer o mesmo que o pai. “Pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e porão as mãos sobre os enfermos, e os curarão”, disparou o jovem logo depois que foi mordido.

De acordo com as informações, esse tipo de culto é normal na região, porém a parte da picada é algo inesperado que às vezes ocorre. Logo após ser picado, ele pediu para que seus fiéis o levassem para o monte, para que assim seu destino fosse decidido por Deus, porém um de seus amigos o levou para o hospital para que ele fosse medicado.

Porém o que os médicos revelaram, foi o que deu mais destaque à notícia, de acordo com eles Cody sobreviveu por um ‘milagre’, pois a cobra poderia ter acertado a artéria temporal, que estava muito próxima de onde foi picado. A esposa de Cody, Tammy, de 25 anos, em entrevista falou que o marido é um homem crente.



PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.