Reinaldo Gottino vai ás lágrimas ao vivo com diagnóstico de doença mortal e parte o coração de todos: “Eu não aceito”

O programa Balanço Geral,virou um dos assuntos mais comentados entre os internautas, logo depois que o apresentador Reinaldo Gottino não conter a emoção ao vivo e chorar na frente de todos. Ele, que estava junto com seu colega André Tal, estava assistindo uma matéria sobre o colega de palco e se emocionou.

Para quem não sabe, André Tal, vem passando por um momento conturbado em sua vida, pois ele acabou recebendo o triste diagnóstico da doença Mal de Parkinson, e desde então, ele vem lutando contra a doença. Ao vivo, o colega do apresentador ficou muito emocionado ao ver a reportagem sobre ele.

+  BBB22: Após ser repreendido por Pedro Scooby, Luciano fica abatido, afirma desejo em desistir do programa e web reage

Reinaldo Gottino falou sobre o quanto sofre ao ver o colega lutando contra a doença que não tem cura e emocionou seus telespectadores. O apresentador famoso que foi tomado pela lágrimas teve o nome viralizado nas redes sociais, ao mostrar seu lado mais humano.


“Pra mim o momento mais emocionante é quando ele recebe a notícia de que poderá ir para os Estados Unidos se tratar e ele está em um lugar tão simbólico, no Muro das Lamentações, em Jerusalém. Independente da sua crença, da sua religião, é um momento tocante”, ressaltou Gottino sobre André Tal ao vivo.

+  Angélica lamenta terrível perda e faz desabafo de partir o coração

André também comentou sobre sua doença e falou abertamente sobre o que sentiu quando descobriu sobre o Mal de Parkinson e chocou a todos ao revelar que nunca aceitou a doença.

“Foi a primeira vez que eu ouvi de alguém sobre ter esperança, porque sempre me perguntaram se eu aceitei a doença, eu nunca aceitei, eu sou indignado, eu fiquei indignado. Então desde que eu recebi o diagnóstico, onde existe 0,01% de chances de eu melhorar alguma coisa, eu vou atrás“, ponderou o artista que vem lutando para viver com a doença.

+  Revelada causa da morte da cantora Ludmila Ferber; "Dor imensa"

Vale lembrar que muitas pessoas que foram diagnosticadas com a doença viveram bastante tempo se tratando, no entanto, em alguns casos a pessoa acaba sendo levada muito rápido.



PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.